Novo Website Colabore reportando erros e dando sugestões. Clique aqui



O Município de São Roque do Pico insere-se numa riqueza ambiental única, refletida na elevada diversidade paisagística, à qual os valores da natureza e a intervenção humana sobre o território, ao longo dos tempos, proporcionaram características especiais.

Incentivar, pois, o pedestrianismo na sua dimensão turística é um desafio para a presente publicação que, ao dar a conhecer novos trilhos no concelho, visa instaurar diferentes rotas temáticas no segmento do turismo de natureza. Segmento esse que amplifica, assim, a afirmação de um Património Regional de valor inigualável junto dos visitantes e da população residente.

Inspirada por este espírito audacioso, a Câmara Municipal de São Roque do Pico, em união com outras instituições ligadas ao setor turístico, tem vindo a criar condições para que se protejam os valores mais autênticos da Região e para que as paisagens diversificadas e esteticamente atraentes sejam preservadas como zonas de equilíbrio biocultural. Paisagens necessárias ao desenvolvimento sustentado do território por serem locais de atração e de diversificação da oferta turística do concelho, da observação da natureza, de tradições genuínas e de costumes diferentes.

A seleção foi realizada após o levantamento apresentado pela equipa técnica do ICAT (Instituto de Ciência Aplicada e Tecnologia) da Faculdade de Ciências/Universidade de Lisboa e após a realização de inúmeras saídas de campo, com vista à sua validação. A escolha dos trajetos baseou-se na análise de um conjunto de critérios: o estado de conservação, a segurança, a seleção de, pelo menos, um percurso por freguesia, a existência de material de divulgação, painéis informativos, sinalética, a presença de valores naturais, paisagísticos e culturais relevantes e a existência de singularidades.

Sinalização e outras informações



Lista de espécies
Fazer download
Caminho Certo
Caminho Errado
Mudança de direção à esquerda
Mudança de direção à direita
Pequena Rota PR

CONSELHOS
AOS CAMINHANTES


01. Antes de iniciar a caminhada, informe sempre alguém de qual o percurso que irá fazer e quando pretende começar;

02. Informe-se sobre as previsões meteorológicas;

03. Certifique-se de que possui o equipamento adequado e os mantimentos necessários;

04. Leve uma mochila pequena para transportar água, refeições ligeiras e energéticas, estojo básico de primeiros socorros, bússola, lanterna (para o caso de se encontrar no percurso depois de anoitecer), telemóvel (embora a rede de telecomunicações móveis não abranja algumas zonas do interior) e o guia de percursos;

05. Evite sair do trilho identificado, não utilize atalhos;

06. Respeite a sinalização existente;

07. Não abandone lixo, transporte-o até ao local de recolha mais próximo;

08. Não perturbe a vida animal nem recolha ou destrua plantas e formações geológicas;

09. Respeite a propriedade privada. Deixe-a devidamente vedada tal como a encontrou;

10. Quando atravessar povoações e áreas cultivadas, respeite os costumes, tradições e bens;

11. Contacte com a população local que encontrar, conheça a sua Cultura e a sua História;

12. Evite barulhos e atitudes que perturbem a paz do local;

13. Observe a fauna à distância, preferencialmente com binóculos;

14. Não faça lume;

15. Cuidado com o gado… Não se aproxime demasiado;

16. Quando confrontado com um animal agressivo, não corra. Continue a andar;

17. Esteja atento ao que o rodeia;

18. Por onde caminhar traga consigo apenas fotografias, deixe somente pegadas.